Cementação e tempera

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin

Cementação e tempera

Em geral materiais extremamente duros têm elevada resistência ao desgaste, porém baixa tenacidade/resistência ao impacto. Por outro lado, materiais menos duros, embora mais tenazes, em geral não apresentam boa resistência ao desgaste. A utilização de processos térmicos e termoquimicos se faz útil quando se deseja um núcleo tenaz e uma superfície resistente ao desgaste.  Enquanto a têmpera age por indução e, é um processo basicamente térmico, a cementação é um processo termoquímico. Tanto a cementação como a tempera são processos que tem por objetivo aumentar a dureza e aumentar a resistência do Aço.

Seu uso é indicado em engrenagens, eixos, fusos, pinos, buchas, mancais, parafusos, peças pequenas em geral, etc.

Diamantina

É de boa penetração. Desejando-se uma cementação mais profunda, repete-se o processo no caso de exparsão ou prolonga-se o tempo de imersão, no segundo caso. Desejando-se uma têmpera mais branda, a peça pode ser resfriada em óleo.

Veja algumas aplicações

Gostou? Clique aqui para conhecer o Diamantina ou acesse nossa lista completa de produtos para indústria.

Já utilizou nossos produtos, comente deixe seu comentário abaixo. Será um prazer conhecer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

banner cementacao

Problemas e Soluções

Siga Nossas Redes

Problemas?

Veja mais soluções da Wohaco que vão ajudar o seu dia a dia.

Inscreva-se!

Receba as novidades da Wohaco em seu E-mail ou Whatsapp

FISPQ

Receba em PDF todas as informações necessárias sobre este produto.